OE -principal banner.png
Definições

Os óleos essenciais são substâncias orgânicas naturais muito perfumadas e voláteis, extraídas de diversas partes das plantas.

Nas plantas, os óleos essenciais são metabólitos secundários, ou seja, são produzidos com o propósito de defesa da planta, protegendo-as contra ataque de parasitas, doenças e radiação solar, além de atuar na fertilização e polinização.

Apesar do termo óleo, não são obrigatoriamente gordurosos, e diferenciam-se dos óleos vegetais por serem altamente voláteis.

Os óleos essenciais são muito concentrados e possuem em sua composição química uma grande quantidade de terpenóis os quais desempenham benefícios terapêuticos em nível físico, mental e emocional.

Também são  chamados de óleos voláteis, extratos ou aromas naturais.

OE -origens banner.png
Origens

Os óleos essenciais são utilizados desde o início da história da humanidade para:

  • Saborizar comidas e bebidas.

  • Disfarçar odores desagradáveis.

  • Atrair outros indivíduos.

  • Controlar problemas sanitários.

 

Assim os óleos essenciais contribuem para a comunicação entre os indivíduos e influenciando o bem-estar dos seres humanos.

 

Estes usos demonstram uma antiga tradição sociocultural e socioeconômica da utilização dos óleos essenciais.

OE_-_características_banner.png
Carcterísticas

Os óleos essenciais possuem odores característicos e os mesmos são classificados em famílias aromáticas. Têm densidade, em geral, menor que a da água, elevado índice de refração, são geralmente opticamente ativos e sensíveis à luz e ao ar.

Em geral sua consistência é aquosa e límpida, mas podem se solidificar em temperaturas baixas. São solúveis em álcool, éter e outros compostos graxos, insolúveis em água e podem ser incolores ou apresentar desde tons claros até fortes e opacos.

A quantidade de óleo essencial extraída pode variar de 0,005% a 10%, dependendo do método de extração utilizado. A concentração de óleos essenciais nas plantas frescas é de 75 a 100 vezes maior que nas plantas secas.

A relação delicada dos constituintes aromáticos encontrados em qualquer óleo essencial é o que o torna único e lhe oferece benefícios específicos.

procedencia banner.png
Obtenção

Os óleos essenciais são normalmente encontrados em bolsas secretoras presentes nas partes vitais dos vegetais, tais como:

  • Pétalas das flores.

  • Folhas.

  • Sementes.

  • Caule.

  • Raiz.

  • Frutos.

As principais espécies que metabolizam os óleos essenciais são as lauráceas, mirtáceas, labiadas, compostas, rutáceas e umbilíferas.

 

Estes são a resposta da planta para a auto-proteção e a proteção de seus frutos e sementes, permitindo assim a reprodução e a continuidade da espécie.

OE - composição banner.png
Composição

A composição química dos óleos essenciais é complexa, com exceção do sândalo, que contém 95% do mesmo componente (santalol) e os outros 5% de composição diversa.

A composição e qualidade do óleo essencial extraído de uma mesma espécie botânica pode ser afetada pelo local de cultivo, clima, relevo, idade do terreno, processo de colheita e método de extração.

A composição varia entre as espécies e partes de uma mesma planta.

 

Nos óleos essenciais podem ser encontrados quase todos os tipos de compostos como álcoois, aldeídos, cetonas, ésteres, éteres hidrocarbonetos, óxidos dentre outros, os quais são denominados de terpinóides.

OE - qualidade banner.png
Qualidade

Óleos essenciais com padrão industrial: Esse ​ tipo de óleo essencial não deve ser usado com finalidade terapêutica, sendo seu uso indicado para a indústria cosmética e de perfumaria.

Óleos essenciais 100% puros e 100% naturais: É possível utilizar este tipo de óleo essencial para fins terapêuticos, mas seu uso é desaconselhado.

Óleos essenciais autênticos: ​Deveriam ser os únicos óleos essenciais utilizados para fins terapêuticos.

Óleos essenciais doTERRA – Padrão CPTG®

  • Puro e natural, com compostos aromáticos cuidadosamente extraídos de plantas.

  • Livre de enchimentos ou compostos artificiais; sem diluição de princípios ativos.

  • Livre de contaminantes, pesticidas ou resíduos químicos.

  • Testado rigorosamente para padrões de composição química.

  • Teste-cruzado, usando espectrometria de massa e cromatografia gasosa para garantir pureza e potência de composição exata.