Métodos de Extração

A extração do óleo essencial dos órgãos da planta pode ser feita por diferentes técnicas.

As mais comuns são:

  • Prensagem mecânica a frio.

  • Hidrodestilação.

  • Hidrodifusão.

  • Destilação por arraste a vapor.

  • Turbodestilação.

  • Extração com micro-ondas.

  • Extração por solvente.

  • Extração com CO2 supercrítico.

Os óleos essenciais da doTERRA são extraídos somente por:

  • Prensagem mecânica a frio.

  • Destilação por arraste a vapor.

  • Hidrodifusão.

  • Extração por solvente.

Prensagem Mecânica a Frio

Utilizada para extração de óleos essenciais de cítricos.

O fruto sofre abrasão contra afiados cilindros de raspagem. Rala-se a superfície da casca, abrindo vesículas microscópicas que contêm os óleos essenciais. 

Pulveriza-se água no fruto para coletar o óleo essencial liberado. A mistura aquosa passa por um filtro para remover os pedaços restantes da casca dos frutos.

O óleo cítrico é então separado e coletado da água.

Extração por Solvente

Este método é usado principalmente para flores, pois é muito difícil extrair seus óleos essenciais por outros métodos de extração. devido a fragilidade da planta e a pequena quantidade de óleo essencial presente.

Para diferenciar o processo de extração os óleos essenciais extraídos por este método são denominados de absoluto. Este método é usado para obter absoluto de baunilha e jasmim.

Flores recém colhidas são colocadas em recipientes de metal e um solvente  desodorizado é derramado sobre o material. O solvente extrai o óleo essencial das flores.

A mistura é filtrada para retirar o material da planta e o solvente é removido por evaporação. O solvente é então reutilizado.

O material ceroso obtido, e que contém uma alta porcentagem de óleo essencial, é chamado de “concreto”. É realizada uma nova extração com solvente, utilizando nesta etapa álcool absoluto. Após a segunda evaporação para remoção do solvente é obtido o óleo absoluto.

Destilação por Arraste a Vapor

Utilizado para a maior parte dos óleos essenciais. 

Neste processo a extração dos óleos essenciais é feita pelo contato direto da planta com vapor de água.

A água líquida é adicionada em um gerador de vapor e devido a diferença de pressão o vapor passa pelo recipiente que contém as partes da planta.

O vapor na temperatura e pressão adequada rompe as glândulas secretoras (tricomas, células e canais glândulares) que armazenam os óleos essenciais.

O vapor arrasta os óleos essenciais formando uma mistura óleo-água a qual é encaminhada para um decantador para separar o óleo essencial.

SUA

MARCA

READ MORE