Exposição_de_Arte_Blog_Banner.jpg

Famílias aromáticas dos  óleos essenciais

Os óleos essenciais podem ser classificados em função do seu aroma característico em famílias aromáticas.

Além dos diferentes aromas, devido aos diferentes tamanhos, pesos e composição química, os óleos essenciais têm diferentes volatilidades e vários efeitos terapêuticos que auxiliam no tratamento de problemas físicos e emocionais.

Os aromas dos óleos essenciais podem ser:

Os termos que a perfumaria usa para a volatilidades das fragrâncias, notas altas (topo), notas médias (corpo)  e notas básicas (fundo) também são adotados para os óleos essenciais e ajudam a combinar diferentes óleos e aproveitar ao máximo as suas propriedades terapêuticas.

NOTAS ALTAS

São fragrâncias mais leves e as primeiras a serem sentidas.

As moléculas evaporam rapidamente e proporcionam a primeira impressão do aroma.

NOTAS MÉDIAS

São estas notas que distinguem as famílias aromáticas.

Podem ser identificadas logo de início, mas estas notas se acentuam após 10 a 30 minutos, na medida que elas se desenvolvem tomam o lugar das notas altas.

NOTAS BÁSICAS

Estas notas acentuam (fixam) as características das notas altas e médias. Evaporam lentamente e ajudam a retardar a evaporação dos demais aromas.